Conheça o Uber Works; o novo aplicativo da Uber para encontrar vagas de emprego

A Uber anunciou o Uber Works, um aplicativo para encontrar vagas de emprego e receber pagamentos pelo celular, nesta quarta-feira (2). Disponível inicialmente na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, o novo serviço permite buscar por vagas temporárias, sazonais e definitivas que são oferecidas por empresas de recrutamento parceiras da Uber.

Após realizar o trabalho, o empregado recebe o dinheiro a partir do próprio aplicativo, disponível para iPhone (iOS) e celulares Android. A Uber declarou ter planos para a expansão da plataforma, porém, no momento está focada em garantir o sucesso das atividades da empresa em Chicago. Portanto, não há previsão para o lançamento do Uber Works em outras cidades e países, como Brasil.

Uber Works tem como objetivo ajudar empresas que buscam empregados para turnos de trabalho, atividades de freelancer ou vagas temporárias. A plataforma também é uma alternativa para trabalhadores que buscam por atividades remuneradas no tempo livre, ou para pessoas que trabalham exclusivamente como freelancer. O serviço tem parceria com empresas de recrutamento dos Estados Unidos para acompanhar o profissional desde a busca por emprego até o pagamento pelo serviço.

O cadastro no Uber Works requer informações como dados pessoais e preferências de turno e trabalho dos usuários. Além disso, é possível informar o salário desejado, habilidades pessoais e outras características para completar o perfil e atrair recrutadores na plataforma. Empresas podem conferir os dados dos candidatos durante o processo de recrutamento e contratar o trabalhador dentro do ambiente virtual criado pela plataforma.

Usuários também podem usar o aplicativo como uma ferramenta para gerenciar horas trabalhadas e receber o pagamento pelos serviços. Entre as funções do Uber Works está a opção de gerir pausas e determinar horários de entrada e saída no trabalho — o recurso é importante para definir horas extras, por exemplo. Contratantes têm acesso a esses dados como uma espécie de ponto de controle virtual, registrando assim a rotina de trabalho do profissional.

O aplicativo foi lançado inicialmente apenas em Chicago, e deve ficar disponível progressivamente em outros locais. Porém, devido às regras trabalhistas variadas de cada país, a iniciativa pode causar polêmica e encontrar barreiras jurídicas em determinados lugares — e, até mesmo, dentro do próprio território americano.

Recentemente, o estado da Califórnia criou uma lei que obriga empresas que utilizam contratos independentes a reclassificar os trabalhadores como empregados, e não mais como trabalhadores independentes ou autônomos. A iniciativa garante, assim, todos os direitos profissionais classificados pela lei trabalhista do estado.

Via Uber Works, TechCrunch e CNET

De acordo com o Uber, o plano é fornecer em breve serviços na plataforma para aprimorar habilidades laborais dos usuários. Para isso, a empresa está em negociação com organizações que apoiam trabalhadores que precisam se reciclar profissionalmente, para oferecer cursos online ou atividades presenciais aos usuários do Uber Works.

comentário

Seu comentário será avaliado antes de ser publicado. Obrigado por interagir com nosso blog*.