sedan deve chegar ao Brasil importado do México e sem substituir o atual

Novo Nissan Versa 2020 será revelado na sexta, 12 de abril

Se o March não conseguiu se consolidar como um dos hatches compactos preferidos do público brasileiro (a despeito de um início de vendas arrasador), seu irmão Versa preserva um bom volume de vendas mesmo após tantos de seu lançamento. Mas finalmente a nova geração chegará e já há até data para que a conheçamos: 12 de abril, quando a Nissan aproveitará um festival de música na Florida para revelá-lo.

Ao contrário do March, que já ganhou uma nova geração bem maior e cara já à venda em países mais desenvolvidos desde 2016, o Versa acabou ficando para um outro momento afinal sua proposta tem mais a ver com mercados em desenvolvimento como o Brasil, em que pese o fato de também se preparar para ganhar espaço, equipamentos e um preço certamente maior.

Imagens de flagras feitas há poucas semanas antecipam que o novo Versa (conhecido em alguns países como Almera) herdará traços do novo March como a frente de grade pronunciada e também frisos bem mais marcantes, mas tudo leva a crer que esses traços serão suavizados no sedan.

Será, sem dúvida, um carro elegante e mais apropriado para enfrentar modelos como o Honda City, o Toyota Yaris e o Volkswagen Virtus por aqui, onde deve chegar importado do México no ano que vem – isso se Donald Trump não destruir a indústria automobilística mexicana até lá.

Entre os preferidos no Uber

Se o estilo muda por completo, o conteúdo deve ser atualizado com um painel mais completo e recursos modernos em linha com o Micra europeu e o próprio Kicks. Já a parte mecânica não deve apresentar grandes novidades por ora, talvez uma versão mais potente do motor 1.6 16V, preservando o bom câmbio CVT atual.

Como é natural em muitas marcas no Brasil, o novo Versa deverá conviver com o velho Versa por uma razão óbvia: o primeiro será bem mais caro que o segundo e não há porque acabar com um produto que ainda encontra um bom número de clientes graças ao seu custo-benefício vantajoso – é um dos sedãs com mais espaço interno do mercado, aspecto muito apreciado por motoristas do Uber, por exemplo.

Já viabilizar uma produção local é um mistério. Para isso ele teria que ampliar sua participação entre os sedans compactos, hoje dominado pelo Chevrolet Prisma, que também vai mudar, porém, ainda em 2019.

comentário

Seu comentário será avaliado antes de ser publicado. Obrigado por interagir com nosso blog*.